Notícias

Disputa EUA-China pode favorecer exportação do algodão brasileiro

17/07/2018

O analista de mercado da INTL FCStone, Vitor Andrioli, afirmou nesta terça-feira (17) que o Brasil tende a ser o maior favorecido em exportações de algodão para a China diante do aumento da tensão comercial entre o país asiático e os Estados Unidos.

Atualmente, os EUA são o principal fornecedor de algodão para o mercado chinês, respondendo por cerca de 44% de toda a fibra importada por aquele país. Porém é esperado uma redução dessa fatia nos próximos meses, diante da aplicação de tacas retaliatórias sobre as importações de diversos bens das duas maiores economias do mundo.

De acordo com Andrioli, a liderança norte-americana do segmento não deve ser afetada, mas a perda do mercado chinês, mesmo que pequena, favorecerá outros países exportadores. “Essa redução não deve ser muito grande para as exportações norte-americanas, mas faz a diferença para outros países, que são menores em exportação, como Brasil, Índia e Austrália. Isso abre oportunidades”, destacou o analista em evento da consultoria em São Paulo.

Segundo dados apresentados pela INTL FCStone, o mercado chinês deve importar 1,6 milhão de toneladas de algodão na safra 18/19. Esse valor representa um aumento de 30% em relação à temporada anterior, que foi considerada a maior demanda doméstica. Colateralmente, os EUA tendem a exportar 3,27 milhões de toneladas no mesmo período, de uma produção doméstica de pouco mais de quatro milhões de toneladas.

No que diz respeito ao Brasil, o analista lembro que os embarques neste ano já devem se fortalecer e atingir o maior nível em sete anos, com pouco mais de um milhão de toneladas, graças a uma recuperação da produção.

Sem citar projeções, o analista disse que para o próximo ano a tendência é de um aumento na área plantada com a cultura e também de maiores exportações, podendo levar o país a se tornar o segundo maior fornecedor global da commodity, atrás apenas dos EUA.

Com informações da Agencia Reuters

Cadastre seu e-mail e receba nosso informativo


Belo Horizonte | São Paulo | Rio de Janeiro | Brasília | Juiz de Fora

© Copyright 2018 - Moura Tavares, Figueiredo, Moreira e Campos Advogados - Todos os Direitos Reservados